h1

Redução de Leitos para dependentes químicos

Fechamento de leitos do hospital Espírita reduz 55% das vagas de dependência química pelo SUS na Capital

 

A carência de vagas para tratamento de dependentes químicos tornou-se mais deficiente em Porto Alegre. 30 dos leitos destinados a internação de drogados foram fechados no mês de outubro, no hospital Espírita.

A secretaria municipal de saúde está tentando encaixar essas 30 vagas em outros três hospitais da Capital.
O setor de dependência química é prova de que leis e portarias não tratam pacientes. Das 144 vagas exclusivas para álcool e drogas na Capital, 110 estavam até o último fim de semana em hospitais psiquiátricos (80 no Espírita e 30 no Hospital Psiquiátrico São Pedro). Nos hospitais gerais, estão apenas 34 vagas. Instituições como Hospital Presidente Vargas e Nossa Senhora da Conceição não têm leitos exclusivos para este tratamento. Além do São Pedro (que atende todo o Estado), agora a população só tem 34 vagas localizadas no Vila Nova, Parque Belém e Hospital de Clínicas para dependência química.

O secretário municipal de saúde disse que esse problema é enfrentado por todo o Brasil. Isso porque, desde 2001, a lei da reforma psiquiátrica determina que o atendimento à dependência química seja feito apenas em hospitais gerais. Uma lei federal impõe que os hospitais psiquiátricos extingam suas vagas e sejam criadas alas para tratamento psíquico em hospitais comuns.

Anúncios

One comment

  1. […] ao atendimento de crianças e adolescentes em situação de drogadição, além de discutir as políticas públicas na capital e as deficiências na rede social de atendimento neste tipo de situação. Conforme […]



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: